Arte: meu refúgio emocional



Por Ana Elena

A vida é tão cheia de acontecimentos, alguns esperados outros tão surreais que nem parece ser verdade...


E no meio disso tudo encontra-se um ser que sente, mas que por vezes não sabe como colocar esse sentimento pra fora ou simplesmente como acolhê-lo por dentro.


Na falta de palavras para expressar tudo que se sente encontramos a arte, no nosso caso a arte da dança, do Pole Dance.


Pode ser exotic, contemporâneo, arte, classique ou qualquer outra modalidade, por trás das coreografias se esconde uma mensagem.


Mensagem que vem de dentro, as vezes até de onde não se sabe. Na verdade essa mensagem vem do que a gente sente, daquilo que arde com vontade.


Coloco nas minhas coreografias as angústias do dia a dia que estão sempre escondidas atrás de um sorriso e de uma mão estendida pronta para transformar o meu dia e o dia de alguém em algo mais leve.


E no final não há quem não se leve por uma música dançada com o coração. E você que sentimento coloca em cada canção?



Ana Elena

Ana Elena é uma cidadã do mundo, nascida em Maceió. Empreendedora, proprietária e instrutora do Estúdio Ana Elena Pole Dance. Conheceu o Pole Dance na França em 2013. Em 2015, de volta ao Brasil, resolveu empoderar mulheres abrindo seu estúdio que até hoje é o único do seu Estado!


Participou do Gold & Pole Camp na França (2015), Alex Pole Camp na Espanha (2016). Em 2017 levou ao teatro o primeiro espetáculo de Pole Dance do Nordeste, realizando mais 2 espetáculos de Pole em 2018 e um em 2019. Participou do festival Be Sexy em Aracaju (2018) e, aos 6 meses de gestação, se apresentou no Festival Pole Flix(2020). 

© 2020 por PoleFlix

Aporie
ROLLING_BRANCO.png
4.png

Parcerias

2.png
3.png
1.png
5.png